abril 04, 2010

Pra não dizer que não falei das flores




Geraldo Vandré

4 comentários:

Regiani Moraes disse...

Poesia & Flores para o autor deste blog.
Um brinde à cultura!

Beijos!

BETO PALAIO disse...

Obrigado, Rê...

Nydia Bonetti disse...

Nunca a arte e a cultura estiveram tão vivas como nesta época - resistindo. E esta canção sempre dói... apesar de tão bela.

beijo, betinho.

Kanauã Kaluanã disse...

É tão bom sentir que há espaços [raros espaços] onde o Brasil [o que há de mais significativo no Brasil], não é afetado pela amnésia.

Foi muito bom [re]ouvir a linda utopia do cheiro das flores vencendo canhões.

Saio com uma pétala de comoção, pelo meu amor ao país, e pela minha admiração a todos que, em épocas em que não se podia ler, liam; em que não se podia falar, gritavam; em que não se podia expressar e grafavam a mais louvável página da História: aquela escrita pelo povo!

"Até bem pouco tempo atrás poderíamos mudar o mundo. Quem roubou nossa coragem?" [Renato Russo]

Beijos.
.
.
.
Katyuscia