junho 07, 2010


Winslow Homer - Canoa na corredeira – Aquarela – 1897

The turn of winter brings
more rain
than originally forecasted


A passagem do inverno traz
mais chuvas
que originalmente previstas


(Epiphanie Bloom)


a nuvem negra
desmancha o elefante -
acabou a brincadeira


the black cloud
the elephant fade away
the endeavor is over


(Marilia Kubota)


I come empty and sorrowful
take me back, take me back
warm summers night weeps


eu volto vazia e triste
leve-me de volta, outra vez
lamentos de noites quentes


(Melanie Bishop)


Snoqualmie sorve
Uma entrega secreta
Para o deus trovão


Snoqualmie swallow
A secretive delivery
To the god of thunder


(Beto Palaio, to Aleathia Drehmer)


Independente das alegrias e
tristezas
a grama continua a crescer.


Regardless to joys and
sorrows
the grass keeps growing


(Cíntia Oliveira)


Towards the murky sky
silent at whitewater song
paddling the future


Ao céu sombrio
calada musica de água doce
remando o futuro


(Magdalena Ball)


Na rudeza gris da noite
botes vagueiam sem rumo
remos servem de açoite


Gris rudeness of night
boats drifts aimlessly
paddles fits the whip


(Lilly Falcão)


passou o tempo
de brincar nas águas
e o rio nem sabe


time passing by
about have fun in water
river doesn’t even know


(Nydia Bonetti)


summer sun dapples
cold river compress lungs to
old stones that call death.


marcas do sol de verão
o rio gelado cinge o pulmão às
velhas pedras chamadas morte


(Aleathia Drehmer)


Ruído no céu
chuva anunciada
umidade em mim


The sky roars
Predicted rain
humid in me


(Lara Amaral)


Boat, oars, you, and me
Navigating the mighty
Humbled by Nature


Barco, remos, você, e eu
Navegando o impávido
Diminuídos pela Natureza


(Kristin Fouquet)


Pincel travesso no céu
pinga nuvens nas cores
aquarela


Playful brush in the sky
dripping clouds in shades
watercolor


(Katyuscia Carvalho)


Slip sliding like waves
Adventures in the sky
Await you and I


Corre-corre de ondas
Aventuras no céu
Esperam você e eu


( Jodi MacArthur)


small boat of dreams
over deep water
singing


barquinho de sonhos
sobre águas profundas
cantando


( Grace Andreacchi)


sonhos oscilam
na cadência do remo
uma jam session


flickering dreams
in the rhythm of oars
a jam session


(Ines Lempek)


Águas revoltas,
aquarela invernal.
Hoje vai chover.


Troubled waters
winter watercolor
it´s gonna rain today.


(Betty Vern)


A chuva que vem, vai
O tempo que vem, vai
Você vem ou vai?


The rain that comes, goes
The time that comes, goes
You are coming or going?


(Luisa Fischer)


Singing a waving song
a blue song.
Gray bird.


Canto de ária dolente
uma canção triste.
Pássaro cinzento.


(Jane Chiesse)


Correnteza forte
O vento nunca se dobra
Nem o céu às águas...


Rough stream
The wind never bow
Neither sky to waters...


(Neuzza Pinhero)


two to paddle
a choppy ride
campfire tonite


Dois a remar
Após passeio agitado
Noite boa de acampar


(Maryse Dumas)


Fazia remo
na lagoa quando tomava
aquela medicação


I was rowing
in the pound while I took
that medication


(Camila Rudner)


ele na proa
o outro água remando
mágoa e sereno


he´s at the bow
other at water paddling
hurt and serene


(Paula Cajaty)

7 comentários:

Lilly Falcão disse...

Na rudeza griz da noite
botes vagueiam sem rumo
remos servem de açoite







Bjks. Lilly

Nydia Bonetti disse...

passou o tempo
de brincar nas águas
e o rio nem sabe

bjo!

Lara Amaral disse...

É tão bonita a proposta deste blog, e tão suaves os dizeres =)

Beijo, Beto!

« Katyuscia Carvalho » disse...

Pincel travesso no céu
pinga nuvens nas cores
aquarela

[Beto, eu já tinha visto sua proposta e adorei! Obrigada pelo convite!]

Jane disse...

Cortar o azul
aos pares.
Tesoura mágica.
...........
Singing a waving song
a blue song.
Gray bird.
...........
Ninguém disse nada aos olhos
nem aos sinais que ondearam a tela.
Nem a aquarela.
............

Neuzza Pinhero disse...

Correnteza forte

O vento nunca se dobra

Nem o céu às águas...


(Que bom, que bom, a participação aumentando sempre. \\abraço grande, Beto)

paula cajaty disse...

ele na proa
o outro água remando
mágoa e sereno